Shimon Peres Morre em Israel

 Aos 93 anos de idade, o ex-presidente de Israel e Prêmio Novel da Paz, Shimon Peres, morreu em Tel Aviv, Israel, na noite de 27 de setembro de 2016, em decorrência de um AVC - Acidente Vascular Cerebral, que sofreu há duas semanas.

 O funeral ocorrerá em Jerusalém, no dia 30 de setembro, terá a presença de vários líderes mundiais.

Fatos Históricos

 Em 1948, Peres e outros políticos fundaram o Estado de Israel.

 No início de suas funções, foi o responsável por recrutar soldados e aparelhar o exército israelense.

 Em 1976, com o cargo de Ministro da Defesa, acompanhou a libertação de mais de cem reféns de um avião israelense que foi sequestrado em Uganda.
  
 Em 1984, se tornou primeiro-ministro de um governo de união nacional.

 Em 1994, ganhou o Prêmio Nobel da Paz, pelos chamados Acordos de Paz de Oslo, juntamente com o primeiro-ministro de Israel, na época, Yitzhak Rabin, e o líder palestino Yasser Arafat - presidente da OLP (Organização para a Libertação da Palestina).

 Há dois anos atrás, saiu da política para se ocupar com o Centro Shimon Peres da Paz.

Repercussão da Morte

 "Lembro com carinho do tempo que passei com Peres no Vaticano e renovo meu grande apreço pelos esforços incansáveis do falecido presidente em favor da paz." - Papa Francisco.

 "Um gênio com um grande coração. Foi um fervoroso advogado da paz e da reconciliação. Jamais esquecerei como ficou feliz há 23 anos, quando firmou os Acordos de Oslo sobre o gramado da Casa Branca, anunciando uma era de maior esperança nas relações entre israelenses e palestinos". - Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos.

 "Esta noite, Michelle e eu nos unimos a todos que, em Israel, nos Estados Unidos e em todo o mundo prestam homenagem à extraordinária vida do nosso querido amigo Shimon Peres. Foi um pai fundador do Estado de Israel e um homem de Estado cujo compromisso com a segurança e a busca da paz era fundamentado em sua inquebrantável força moral e em seu inquebrantável otimismo. Há poucas pessoas com quem compartilhamos este mundo capazes de mudar o curso da história humana (...). Meu amigo Shimon era uma destas pessoas". - Barack Obama, presidente dos Estados Unidos

 "Foi um trabalhador incansável pela solução de dois Estados para que Israel pudesse viver em paz e harmonia com os palestinos, um compromisso que o rendeu o prêmio Nobel da Paz em 1994 junto a Yasser Arafat. (...) "Que seu espírito e sua determinação nos guiem enquanto continuamos trabalhando para conseguir a paz, a segurança e a dignidade dos israelenses e palestinos, e a de todos os povos da região". - Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU

 "Eu e minha esposa expressamos profundo pesar pelo desaparecimento do filho pródigo da nação. Shimon dedicou sua vida ao renascimento de nosso povo. Era um visionário que olhava para o futuro. Era também um paladino da defesa de Israel." - Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

"[As] entidades que representam a comunidade judaica brasileira e paulista lamentam profundamente a morte de Shimon Peres, o último dos pais fundadores de Israel. Sua voz de moderação fará falta em um mundo cada vez mais radicalizado e intolerante." - Confederação Israelita do Brasil e Federação Israelita do Estado de São Paulo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagens Para Quem Perdeu o Pai

Mensagem de Otimismo: Candinho

Janaúba: Crianças Queimadas em Creche